Visita de Musk repercute na imprensa estrangeira


A visita do bilionário sul-africano Elon Musk ao Brasil e seu encontro com o presidente Jair Bolsonaro hoje foram destaque em alguns dos principais sites da mídia internacional.



O CEO da Tesla e fundador da SpaceX anunciou o lançamento de sua empresa, Project Starlink, para operar satélites de baixa órbita no Brasil e atender 19 mil escolas em áreas rurais, além de monitorar a Amazônia.



A história, intitulada "Viagem inesperada de Bolsonaro ao Brasil elogia Elon Musk", foi a matéria mais lida na página inicial da Bloomberg nesta tarde.



O parágrafo inicial da matéria informa que o exercício de Musk para comprar o Twitter recebeu o "apoio entusiástico" de Bolsonaro durante sua visita ao Brasil "onde alegações de notícias falsas se espalham pelas mídias sociais são um assunto quente presidentes das eleiçõ".



Bolsonaro definiu a iniciativa do empresário de se tornar um grande acionista da rede social como um “raio de prata da esperança”, frase destacada pela agência Reuters em seu relatório da reunião.



As negociações envolvendo Musk representariam ideais que defendem a liberdade de expressão, de acordo com o presidente-executivo federal. "Quando a aquisição do Twitter foi anunciada há alguns dias, ele nos deu um exemplo, e para nós foi como uma fresta de esperança. O mundo está passando por pessoas que querem nos roubar essa liberdade."



"Sua existência é acima de tudo algo inconsequente. O que podemos chamar de mito da liberdade hoje. É o que precisamos para qualquer coisa que possamos pensar no futuro", continuou o presidente.



Em seu texto, a agência Associated Press destacou que as atividades ilegais na Amazônia são monitoradas por vários órgãos, mas o desmatamento aumentou na região sob Bolsonaro.



"Os críticos de Bolsonaro dizem que ele é o culpado, que apoia fervorosamente o desenvolvimento da região e incentiva madeireiros e grileiros", trecho do texto.



O presidente disse hoje que está "dependendo" do bilionário para que "a Amazônia seja conhecida de todos" e, segundo o governador, vai combater a desinformação sobre a região. Enquanto Bolsonaro nega avanços no desmatamento na região, dados do sistema de dissuasão do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) mostram que o desmatamento atingiu 1.012 quilômetros quadrados em abril, um recorde para o mês.

Postagens mais visitadas deste blog

Cães só cheiram as partes privadas de pessoas que eles querem...

Nunca faça isso, se você tem uma namorada

Em entrevista para TV americana Anitta fala sobre ter relações com cachorros e sofre duras críticas

7 atitudes para identificar pessoas que sofrem com depressão, mas que não demonstram

Quando uma mulher deixa de amar um homem, ela começa a sentir essas 8 coisas

Esta mulher perdeu mais de 340kg e precisou reaprender a andar; hoje ela está irreconhecível

Veterinário explica erros cometidos por garota mordida no rosto por cão