Uber revela se motorista foi banido após confusão com Camila Loures


O nome da Uber, maior empresa de transporte privado do país, e o nome da influencer Camila Loures surgiram nesta quarta-feira (18/5) após um concurso no youtuber gerar polêmica nas redes sociais.



Por meio de sua história no Instagram, a influenciadora disse que foi expulsa do carro por um aplicativo enquanto estava na estrada. A razão pode ser que Loures tenha pedido ao motorista para fechar as janelas por causa do frio.



Logo após a polêmica, comentários de um suposto motorista do Uber se tornaram virais nas redes sociais. O motorista que confundiu com Camilla foi banido da plataforma, disseram fontes.



"Infelizmente, nosso colega foi banido da plataforma. Falamos com ele agora. Ele foi destruído, o Uber Brasil é implacável nessas situações envolvendo pequenas celebridades. O sistema é terrível", dizia o post.



Na tarde de quinta-feira, a empresa de transporte usou sua conta no Twitter para desmentir os rumores, alegando que o motorista ainda estava ativo e o caso ainda estava em análise.



"Gostaríamos de esclarecer que os motoristas-parceiros ainda estão ativos na plataforma. Tendo em vista que em todos os casos ouvimos de ambas as partes para entender melhor o que aconteceu, o caso ainda está em análise. Seguimos um processo rigoroso, para garantir que todos envolvidos tem o direito de dar sua opinião", disse a empresa no Twitter.



Postagens mais visitadas deste blog

Cães só cheiram as partes privadas de pessoas que eles querem...

Nunca faça isso, se você tem uma namorada

Em entrevista para TV americana Anitta fala sobre ter relações com cachorros e sofre duras críticas

7 atitudes para identificar pessoas que sofrem com depressão, mas que não demonstram

Quando uma mulher deixa de amar um homem, ela começa a sentir essas 8 coisas

Esta mulher perdeu mais de 340kg e precisou reaprender a andar; hoje ela está irreconhecível

Veterinário explica erros cometidos por garota mordida no rosto por cão