Morre atriz que fez papel no seriado A Grande Família e fãs lamentam: ‘descanse em paz’

 


A família da atriz Djenane Machado anunciou sua morte na manhã desta terça-feira (29 de março de 2003). Aos 70 anos, o artista fez história na televisão ao desempenhar um papel importante que ainda hoje é lembrado.


Até o final deste artigo, os parentes de Janana não revelaram o que causou a morte da atriz. Ela é mais conhecida por seu papel como Bebel na primeira temporada de Big Family.





Djanane morreu na última quarta-feira, dia 23, disseram familiares à mídia. A artista, filha do produtor e diretor de espetáculos Carlos Machado, está afastada da telinha e do palco teatral desde 1990.


Djanane começou a atuar em 1968 quando foi convidada para fazer a novela Passo dos Ventos. Em 1971, após ser conhecido pela mídia, foi convidado para fazer o papel de Lucinha Esparadrapo na trama O Cafona.


Na série, Djenane colaborou com alguns dos maiores nomes da novela brasileira, como Ary Fontoura, Carlos Vereza e Marco Nanini. Em 1972, a celebridade recebeu uma oferta da Globo para interpretar Bebel em A Grande Família, primeira versão de uma personagem ainda lembrada pelo público da emissora carioca.


publicidade

A família de Djenane não quis dar mais informações sobre como a atriz se despediu ou seu funeral. Os fãs lamentaram a morte online: "RIP", disse um.

Veja o vídeo para continuar lendo a matéria...

Postagens mais visitadas deste blog

Cães só cheiram as partes privadas de pessoas que eles querem...

"Que vergonha!“ ‘climão’ em VÍDEO com Juliana Paes durante o Altas Horas... Ela ficou imóvel”; após fala de Juliette

Em entrevista para TV americana Anitta fala sobre ter relações com cachorros e sofre duras críticas

Nunca faça isso, se você tem uma namorada

7 atitudes para identificar pessoas que sofrem com depressão, mas que não demonstram

Esta mulher perdeu mais de 340kg e precisou reaprender a andar; hoje ela está irreconhecível

Veterinário explica erros cometidos por garota mordida no rosto por cão

7 coisas que deixam os homens loucos, mas poucas mulheres fazem